Apertos Pelo Mundo: Quando a esmola é demais o santo desconfia?

Carioca Travelando checking in…

O que é a vida de um viajante sem aqueles perrengues básicos, não é mesmo? Mais fala aí: quando a esmola é demais, o santo realmente desconfia? Ou o santo vai lá e aproveita a promoção?

Quem me acompanha pelo Facebook, Instagram e Twitter, viu que a pouco tempo estivemos em terras lusitanas. Minha última visita à terrinha tinha sido há quase sete anos atrás, e eu não consigo aceitar que eu tenha deixado passar tanto tempo para voltar ao lugar dos melhores pastéis de nata de todo o universo. Pois bem, a primeira coisa que a gente faz depois de decidir o destino e as datas de uma viagem é confirmar como chegar lá, correto? Então lá fui eu fazer a pesquisa das passagens aéreas da minha trupe aqui.

Doha Qatar

Cansada mas feliz: pose antes de partir para mais uma aventura

Pesquisa daqui, cutuca de lá, encontrei um vôo com um precinho camarada. Com apenas uma escala vapt-vupt na ida, e uma escala longa de +20 horas passando pelo Marrocos (que ainda não conhecia), na volta, essas passagens aéreas me pareceram muito atrativas. Eu geralmente uso escalas de um dia como um test-drive do local – visando testar como uma potencial futura aventura seria.

Eu nunca tinha viajado com a Air Maroc, a companhia aérea do Marrocos. Mas tranquilo, seria essa uma ótima oportunidade para conhecer o trabalho deles. O preço estava muito convidativo, aproveitaria uma parada rapidinha em Casablanca… Why not? Confirmei a reserva feliz da vida com o super negócio que havia fechado. E lógico que me gabei com o maridão da economia que fiz. Good girl, good girl.

Aeroporto de Casablanca...  que aventura. Aguardem as cenas dos próximos capitulos, digo, posts

Aeroporto de Casablanca… que aventura. Aguardem as cenas dos próximos capitulos, digo, posts

Chegou o grande dia, hora de viajar. O vôo ficou assim: Doha-Casablanca-Lisboa (55 minutos conexão). O trecho Doha-Casablanca foi operado pela queridinha Qatar Airways. Voamos frequentemente com a Qatar Airways, assim eu fiquei tranquila, afinal já conheço o serviço deles e nunca tive o que reclamar. No aeroporto de Casablanca, encontramos aquela conhecida desordem dos aeroportos na África, mas tudo bem – acostumada. O vôo saiu pontualmente para Lisboa e eu pensei: “Tô voando num vôo da Qatar com o preço de Air Maroc… me dei bem.”

Chegando no aeroporto da charmosa Lisboa (Aeroporto Humberto Delgado – LIS), estamos lá esperando ansiosos, como sempre pelas malas. Não dá aquele apertinho na barriga quando demora, e o sorrisão quando nós avistamos a dita cuja? Mas dessa vez o sorriso ficou na imaginação e as malas… bem, em algum lugar entre o Marrocos e Lisboa.

Toda a minha bagagem ta aqui

Minimalista Forçada. Toda a minha bagagem para +2 semanas de viagem tá aqui nessa foto

Galera, estava fazendo um frio tipo “era do gelo” em Lisboa (para os Cariocas, qualquer 10C é frio pra caramba – confirma?!), ainda mais para nós que tínhamos acabado de sair do deserto, com 2 anjinhos pequenos, estávamos sem uma muda de roupa na bolsa pra contar história. Ainda bem que os meninos ainda foram os mais sortudos, afinal eu sempre coloco uma muda de roupa extra na malinha de mão deles, em caso de acidentes. Afinal, não sei os seus, mas os meus pequenos exploradores são terríveis, impossíveis e…  muito lindos.

Pois bem, depois de duas horas conversando com a empresa que lida com bagagens perdidas, foi constatado que realmente a mala havia sido extraviada (jura?). Graças a um gadge que temos, ja sabíamos que tinham ficado em Casablanca – depois falo mais desse segredo da Carioca Travelando. O mais provável foi que o tempo da conexão de 55 minutos em Casablanca, não tenha sido suficiente para que eles transferissem as nossas duas malas de um avião para o próximo. A empresa pediu todo o nosso itinerário com endereços em Portugal e prometeu enviar o mais rápido possível. E foi isso.

Hora de dar tchau

Meu pequeno e a sua malinha de mão

Agora imagina a cena: saem os quatro desolados-cansados e sem malas do aeroporto. Nosso próximo destino era direto para a cidade gracinha que é o Porto para visitar familiares. E lá no Porto, ao norte, é ainda mais frio do que Lisboa. Precisávamos comprar roupas, pelo menos uma muda pra cada. Entramos no shopping Vasco da Gama, em frente a Estação Oriente de comboios (nossos bons e velhos trens), na esperança de encontrar uma “Citycol” um mercadão bem popular. Ao invés disso encontramos uma C&A – isso mesmo, “prazer em conheceeeeeer”, e apesar de ser bem diferente do que conheci no Brasil, encontrei blusas de manga comprida sendo vendidas por cinco euros cada. Um VIVA (bem alto) as promoções.

Passados dois longos dias, era véspera de Páscoa, nós esperávamos por um milagre. Foi então que as luas de alinharam e o telefone toca, somos informados que as nossas queridinhas estavam nos esperando no aeroporto do Porto – Francisco de Sá Carneiro (OPO). Pensa numa pessoa feliz? Não pestanejamos –  depois de dois longos dias sem malas, chamamos o Uber rapidinho e partimos ao reencontro mais esperado que o próprio coelhinho da páscoa.

Malas

Coelhinho da Páscoa que trazes pra mim… Uma mala rosa, ou uma mala rosa, ou mala rosa. Que reencontro emocionante!

A viagem de Norte a Sul das terras lusitanas foi ótima, e já já saem os posts onde conto aqui como foi mais essa delícia pra vocês. Era hora de voltar pra casa e claro que a dúvida pairava no ar: Será que eles iriam perder nossas malas na volta também? Aquele suspense no aeroporto de Doha… aquele silêncio pairava na família Carioca Travelando, todos apreensivos. Será que os presentinhos iriam chegar? E os quitutes de Portugal embalados cuidadosamente na mala? O carrossel começa a girar e para nooooosa alegria… A rosinha veio primeiro, olha as nossas malas ali! Eba, nossas malas chegaram. Parecia até comemoração de gol de copa do mundo. Os quatro se abraçando e comemorando no aeroporto de Doha. As crianças fizeram aquela farra, imagina a cena e os olhares duvidosos dos passantes. Nunca pensei que ficaria tão feliz vendo a nossa mala chegar.

Pois então, perder a mala é uma situação que a gente nunca esquece. A gente sabe que pode acontecer mas nunca estamos preparados de verdade para quando esse dia chega. A dica da Carioca Travelando depois de ter passado por mais esse aperto, é 1) sempre que possível voar com uma companhia aérea de confiança, que tenha uma boa reputação. Eu sei que isso também pode acontecer com essas empresas, mas a chance é bem menor, vamos combinar, né? 2) outra dica é sempre levar uma muda extra de roupa não apenas para as crianças, mas para os adultos também. #lessonlearned. E 3) se você não puder fugir da conexão, que ela tenho o mínimo de 2 horas – assim acreditamos (e oremos), para que seja tempo suficiente para a transferência de bagagens de um avião para o outro, além de dar uma folga maior em caso de atrasos. A última dica é, tecnologia… já já eu falo das maravilhas do progresso tecnológico, e como ele pode ajudar a você viajante ter um pouquinho mais de paz de espírito em momentos como este.

Olha a rosinha dando umas voltinhas pelas ruas de Lisboa

Olha a rosinha dando umas voltinhas pelas ruas de Lisboa

A gente economiza para viajar, passa vários perrengues mas não perde o causo, verdade? Fiquem ligados no Carioca Travelando por aqui e nas redes sociais para mais aventuras e dicas de viagens. E você, já perdeu a mala ou sobreviveu a algo parecido? Me conta a sua história nos comentários, ou pelas redes sociais que eu vou adorar ouvir as suas aventuras.

Carioca Travelando checking out

By Carla F.

Fotos by Vidal Ferreira Photography

Comments

  1. Cléo says

    Olá! Super obrigada pela sua escrita. Estava já bastante aflita por ter escolhido essa companhia. Quanto à bagagem, pelo número de casos, vou tentar ir só com a de mão mesmo (tentar ser uma pessoa sem luxos rs). Mas estava bastante preocupada com o tempo da escala (e 55 minutos). Minha viagem é para a Itália, mas será que podia fazer um relato mais detalhado de como foi sua conexão? Liguei na empresa e o atendente afirmou que não passarei pela imigração, porém mais detalhes seriam valiosos. É um aeroporto muito grande?

    • says

      Oi Cléo, não achei o aeroporto muito grande, achei bem tranquilo e simples. Acho que você faz muito bem em levar só bagagem de mão – por ser uma conexão bem curtinha, você se livra do risco de suas malas despachadas serem extraviadas. Depois me conta como foi. Boa viagem!

  2. Rogério Faria says

    Parabéns pelo Blog… Muito Bom, vou viajar com a RAM para a Itália e as informações foram muito úteis.

  3. Nicolas Zenni says

    Minha dúvida era essa mesma mencionada acima pelo Bruno. Estamos (eu, minha esposa e filha de 2 aninhos) indo para Itália, inicio de Junho, e nossa conexão é também por Marrocos (casablanca), e ficaremos apenas 55 min para fazer a troca de aeronave.
    Mais fiquei bem tranquilo agora, em saber que não precisaremos fazer a imigração, pois nosso medo era as filas.

    Se puder compartilhar mais alguma informação necessária que devemos levar conosco, será muito bem vinda.

    Grande abraço !!!

    • says

      Oi Nicolas, sugiro que cada um de vocês levem uma bagagem pequena de mão com alguma mudas de roupa, just in case a sua mala demore a chegar. Isso aconteceu conosco nesse vôo, chegamos à Lisboa mas as nossas malas não. Entretanto contactamos a companhia aérea e 2 dias depois recebemos nossas malas. Boa viagem pra vocês e um grande abraço, Carla

    • Rogério Faria says

      Olá Nicholas, tbm estou indo pra Itália com a RAM, nunca tinha ouvido falar mas estou muito assustado com os reviews do Trip Advisor e do Airline Ratings… Aparentemente a perda de bagagem é um problema sério com essa companhia quando voam para Portugal. O tempo para conexão é o mesmo. Espero que dê tudo certo pra vc e pra mim em nossas viagens.

  4. Fabrício says

    Gostei muito de suas experiências. ….estou viajamdo agora em Maio para Lisboa e comprei minhas passagens pela Air Maroc na ida tudo bem terei 2h de conexão em Casablanca, mas na volta ficarei 20h, gostaria de saber o que você aconselha a fazer, pois como marinheiro sem muita experiência estou meio perdido, primeiro porque vou chegar as 18:20 e pegar o próximo vôo as 16:50 do dia seguinte, não sei se é aconselhável sair pra conhecer a cidade durante o dia ou não…. se puder me ajudar agradeço. …..

    • says

      Oi Fabricio, eu peguei esse mesmo vôo com a Air Maroc na volta (Lisboa-Doha). E ficamos um tempão em Casablanca também. Nós reservamos um hotel Movenpick Casablanca (fica há 45 minutos do aeroporto), e pegamos um táxi na ida e na volta para o aeroporto. Nesse período em Casablanca conseguimos dar uma volta pela cidade, tanto a noite quanto de manhãzinha. Valeu a pena pra gente! Um grande abraço e boa viagem :)

  5. Berenice says

    Ola! Fiz uma pesquisa na net e deparei com seu blog! Nunca ouvi falar da RAM… porem… o valor é muito bom! Lisboa/Rio 589,00 euros. Mas escala de 20hs em Casablanca. Tentei voo lisboa/casablanca para pegar o voo p Rio no dia seguinte sem essa escala, mas nao compensa 200euros. O que vc faria? Acha que vale a espera de 20hs? Eu tambem estarei com eu filho de 4 anos e somos 4 adultos. Dicas para passar tempo? Lembrando que so uma pessoa arranha o ingles!
    Obrigada

    • says

      Oi Berenice, vale a pena sim! Meu vôo de Lisboa pra Doha também foi esse e fizemos uma reserva no hotel Movenpick Casablanca por uma noite (fica há 45 minutos de carro para ir e para voltar do aeroporto). Nós aproveitamos essas horas para descansar, conhecer a cidade um pouquinho durante à noite e de manhãzinha. Valeu a pena, nós aqui curtimos. Eu ainda não fiz um post sobre Casablanca com as dicas, mas te sugiro olhar o meu Instagram pois eu postei várias fotos dos passeios que nós fizemos por lá durante essas horas em Casablanca. Quanto ao inglês não se preocupe, porque lá a maioria só fala arábe/francês (com excessão dos funcionários do hotel, que também falam inglês). Se você não falar francês, nem inglês, nem arábe, vai na mimica mesmo rsrsrs. Um grande abraço e uma boa viagem pra vocês :)

  6. Bruno says

    Parabéns pelo blog, sempre que posso venho aqui ler seus posts…

    Estou com passagens compradas de um voo de Sao Paulo – Casablanca – Lisboa.

    Minha dúvida é: tenho apenas 2h de tempo em Casablanca, entre um voo e outro. Esse tempo é suficiente para o desembarque, passagem pela imigração e embarque? Vi que você mencionou que tinha apenas 55 minutos, fiquei surpreso.

    Abraco

    • says

      Oi Bruno, você provavelmente não passará pela imigração – não vai sair do país.
      Acredito que com esse tempo de 2 horas, você fará apenas uma conexão (Casablanca-Lisboa). Se for isso, vai ser corrido 2 horas mas dá tempo sim.
      Nós tínhamos 55 minutos entre um vôo e outro, mas não foi preciso passar pela imigração – nós apenas fazemos a conexão dos vôos, ficamos em trânsito.
      Qualquer dúvida adicional, te sugiro esclarecer direto com a companhia aérea.
      Um grande abraço e boa viagem :)

      • Amanda says

        Oi! Comprei recentemente uma passagem que também fará conexão em Casablanca e tive a mesma dúvida que o Bruno pois meu tempo de escala é de 50 minutos entre meu voo e o próximo e esse tempo pequeno me preocupa. Como que foi a questão do tempo entre as escalas? Você teve que sair correndo para chegar a tempo? O aeroporto é muito grande?

        • says

          Oi Amanda, conseguimos fazer em 50 minutos sim, mas confesso que tivemos que correr e torcer para o vôo anterior não atrasar. Foi tudo tranquilo, mas nessa correria nossa bagagem não chegou em Lisboa conosco – entretanto contactamos a companhia aérea e recebemos as nossas malas 2 depois.

Leave a Reply to Rogério Faria Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge