Adeus ano velho, feliz ano novo… Retrospectiva 2015

Carioca Travelando checking in…

Sentada no sofá da nova morada, aproveito o friozinho do inverno no hemisfério norte, tomando o meu café quentinho nessa última semana de 2015. É nesse cenário que faço uma retrospectiva desse ano que acabou mais rápido que o salário do mês. Aproveito esse momento para refletir com muita gratidão as viagens e aventuras que esse ano nos proporcionou.

Em 2015 você me levou para conhecer Kerala, na Índia

Em 2015 você me levou para conhecer Kerala, na Índia

Pra começar, o balanço de 2015 ficou assim: foram mais de 8 companhias aéreas, em mais de 10 diferentes aeroportos, em 23 cidades de 15 países em 3 continentes. Voei em Boeing 777, e ocasionalmente A320, A330 e quilometrei milhares de milhas a serem bem utilizadas no futuro – com mais viagens, claro.

Até agora depois da Singapore Airlines, a Emirates continua sendo a minha companhia área favorita. Esse ano tive a oportunidade de me aventurar com outras companhia áreas locais, principalmente na Ásia. Que venha 2016 e que a Qatar Airways consiga me fazer apaixonar por sua Business Classwe will see. 

No quesito aeroporto, não tenho dúvidas que o novo Hamad (DOH) em Doha ainda está bem a frente da concorrência. Mas devo dizer que o Changi (SIN) em Cingapura, com sua imigração facin-facin chegou bem pertinho. Com tanta eficiência e mimos aos viajantes (é tudo muito prático e eficaz por lá gente), não é pra menos que esse ano o aeroporto conquistou vários prêmios em excelência – de novo.

Doha

A famoso mascote gigantesco do aeroporto de Doha, Qatar

O pior aeroporto infelizmente vai para Galeão (GIG), na minha amada cidade maravilhosa. É triste e uma surpresa isso, até porque eu estive na Índia esse ano mais uma vez. A falta de sinalização, infraestrutura e preparação do pessoal no nosso Aeroporto Internacional Tom Jobim, infelizmente deixou a impressão de que só existe descaso pelo viajante. Confesso que deu pena ver os “gringos” perdidos por lá feito baratas tontas.

O prêmio eficiência foi para o sistema de transporte na Noruega – sim minha mais nova queridinha. Do trem, táxi ao trik-trik tudo era confiável, pontual e absurdamente prático. Foi assim em Olso e em Bergen também. Isso faz a vida de qualquer viajante uma maravilha, né não?

Busão em Bergen

Busão em Bergen, transporte da Noruega aprovadíssimo

O momento mais vergonhoso de 2015, foi dançar na “boquinha da garrafa” em plena Índia. Já imaginou a carinha das indianas me vendo segurar o Tchan? E ainda por cima, ser filmada em ação e ir parar na web? No final de tudo, claro, caímos todos na gargalhada lá em Kerala, mas confesso que fiquei roxa de vergonha depois. Por que Carioca faz essas coisas, hein?

É isso mesmo... euzinha segurando o tchan, tchan, tchan, tchan, tchan.

É isso mesmo minha gente… euzinha segurando o tchan, tchan, tchan, tchan, tchan.

A maior surpresa foi a viagem de trem de Oslo à Bergen, na incrível Noruega (sim, rolou uma paixão pelo país). U-A-U! Você já fez essa viagem? Ainda não? Então coloca AGORA na sua lista. Que cenário tela de fundo do windows. A grande diferença é que era tudo ali ao vivo e a cores, em muitas vívidas cores. Sem dúvidas entrou na minha lista de repeteco.

Visual pela janela do trem. Bem mais ou menos, né? #sóquenão

Visual pela janela do trem. Bem mais ou menos, né? #sóquenão

O lugar mais gracinha desse ano, foi a cidade de Helsinki, na Finlândia. Tá bom, eu sei que é longe pra caramba, tipo Jacarepaguá (Cariocas entenderão), mas vale muuuuito a pena. Fomos abençoados com um dia lindo, céu azul, muitas flores e com um povo bastante receptivo. Ah, dica da Carioca Travelando: se você curte não curte o frio, vai lá no verão, tá?

Helsinki foi amor a primeira vista

Helsinki foi amor a primeira vista

A surpresa gastronômica de 2015 foi em Estocolmo, na Suécia – olha a Escandinávia aí de novo minha gente. Que café da manhã dos deuses, meu Deus. Encheu a boca d’agua agora só de lembrar. Tinha de tudo um pouco, e eu me esbanjei claro. Muitos pães deliciosos cheinhos de glúten, linguicinhas com muita gordura, bolinhos com muito açúcar. Zero light, mil em sabor. Sim, doeu a consciência, mas foi só depois do fato consumado. E quer saber? Valeu muito a pena, claro que cometeria o pecado de novo. E os cafés por lá eram tão gostosos, que não lembrei nem de tirar uma foto pra vocês. #Sorry

O momento gastronômico “no thanks” foi em Kuala Lumpur provando o famoso Durian. Fui, criei coragem e provei, mas não me apaixonei não. Você já provou? Que tal?

O maior aperto de 2015 foi uma chuva repentina de verão (praticamente um dilúvio), no píer de Tallin na Estônia. Enquanto caminhávamos tranquilamente de volta ao navio, depois de um passeio fantástico pela cidade antiga. Molhou a roupa, os telefones, câmeras… enfim, molhou tudo. E tenho absoluta certeza que molhou até a alma. Na hora foi aquele desespero vendo molhar a bolsa com os pertences. E nós lá, fazendo aquele esforço inútil tentando proteger as nossas coisas. Os passaportes só escaparam porque sempre guardo eles na bolsa dentro de um saquinho estilo ziploc (#ficaadica). Mas depois foram muitas risadas e um pouquinho de resfriado. Coisa boba, né?

Ainda sequinha na Estônia. Mal sabia o temporal que me aguardava.

Ainda sequinha na Estônia. Mal sabia o pé d’água que me aguardava.

O momento “poderia ter sido melhor” desse ano foi em São Petersburgo, na Rússia. Em pleno “verão russo” (se é que existe essa combinação de palavras), na então melhor época para visitar o país, pegamos muita chuva e um frio do cão. Um dos destinos mais lindos do mundo, e eu lá toda enrolada, sem guarda chuva (fui visitar a Rússia no verão, né?), a passos largos e rápidos com aquela chuva e frio que só a Rússia sabe fazer como ninguém. Essa foi a minha segunda visita ao país e confesso que quando vejo um céu azul por lá, tenho que aproveitar logo, porque é vapt-vupt. De toda maneira valeu muito a pena conhecer a belíssima São Petersburgo.

Consegui disfarçar bem a alegria do momento, né?

Consegui disfarçar bem a alegria do momento, né? Ah o verão russo…

O prêmio de gente bonita de viver (sem marmelada pessoal), vai para o meu Rio de Janeiro. Eita povo mais bem humorado. Eu ia caminhar cedo, por volta das seis da manhã, e adorava ver os trabalhadores na orla, arrumando as suas barracas na praia, cheios de energia e bom humor. Naquela hora da manhã, em pleno inverno carioca, só a gente mesmo pra brincar e fazer rir. Somos um povo sensacional, né? Dói o coração este momento difícil que estamos vivendo. #forçabrasil.

Carioca No Rio = Pinto No Lixo = Feliz Pra Caramba

Carioca no Rio = Pinto no Lixo = Feliz pra caramba

A grande aventura de 2015, sem sombra de dúvidas foi ter conhecido o Sul da Índia de ponta a ponta. Graças ao seu voto, a sua campanha com os seus amigos e familiares, tive a oportunidade de conhecer Kerala. Foram três semanas no Sul da Índia com tudo pago, nesse programa todo patrocinado pelo governo de Kerala. Visitei muitos lugares, experimentei novos sabores, conheci pessoas especiais e te levei juntinho comigo todos os dias por aqui e pelo Facebook, Twitter, Instagram nessa grande aventura tipo Indiana Jones em 2015. Vocês são realmente incríveis, muito obrigada por tudo isso. Muita gratidão por esse presentão ao Carioca Travelando.

A saudade do ano foi para a deliciosa Tailândia, deu tanta saudade das praias, da comida… Quem sabe não rola repeteco em 2016, hein, hein, hein?

E ainda teve muito mais: comprinhas no “quintal” da minha casa, Dubai; as escapadinhas à pequenina Bahrain, conhecer a charmosa Latvia na Letônia, a linda e histórica Bergen e a simplicidade asiática que conquista em Kuala Lumpur.

Simbora malhar nas férias, né não?

Simbora malhar nas férias, né não?

Por esse ano, é isso galera. No balanço geral 2015 ficou com um saldo pra lá de positivo, foi um ano sensacional. Meu desejo para 2016 é um ano com muitas viagens e mais histórias pra contar. Á você, meu querido, minha querida viajante e companheiros nessa jornada por aqui e pelo globo, te desejo um ano com muita saúde para desbravar o mundo em inesquecíveis aventuras. Desejo muito amor, bons amigos e muitas felicidades à você e à todos os seus. Muita gratidão por 2015. Vem ni min com tudo 2016, agora no Qatar. Feliz Ano gente!

Carioca Travelando checking out… te vejo agora só no ano que vem, tá?

By Carla F.

Comments

  1. says

    Oi Carla,
    Adorei sua retrospectiva de 2015, foi realmente um ano incrível. Que 2016 seja ainda melhor!!
    Deu ainda mais vontade de comprar agora mesmo uma passagem para a Escandinávia e visitar a Noruega, Suécia…. Já sei onde encontrar dicas quando for pra lá!
    Beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge