Maldivas: Como escolher o seu hotel?

A escolha do lugar que você ficará nas Maldivas é muito importante. Afinal é praticamente um hotel/resort por ilha, e sem dúvidas, o local que escolher irá influenciar sua experiência nesse paraíso. Escolhi o Lily Beach Resort e Spa, que fica há 30 minutos de hidroavião de Male. Fiquei muito animada com a pesquisa e reviews que li sobre as acomodações do hotel (infinity pool, bangalôs, ilha curtinha, muita vida marinha ao redor da ilha…), serviços, e sem contar com o pacote do all inclusive.
Paraíso nas Maldivas: Lily Beach Resort e Spa

Escolher ou não um hotel com o serviço de “tudo incluído” nas Maldivas, é um ponto muito importante a se pensar na hora de decidir o seu hotel. Se escolher um hotel que não tenha o all inclusive, pense que você estará assim disposto a pagar o preço para alimentação/bebida que for estipulado pelo hotel – o que inevitavelmente, pode aumentar o susto no check out. Afinal, você estará numa ilha, e se um suco custar 15 dólares, você vai fazer o que, pegar um barco e ir na outra ilha, tomar um suco em outro restaurante? Não. Essa opção simplesmente não existe nas Maldivas. Você vai pagar o preço que o hotel cobrar, e isso nas Maldivas pode ser um pouco arriscado (lembrando que estamos falando de um “país ilha”, onde grande parte das comidas/bebidas são importadas, o que aumenta muito o custo final).

No Lily Beach o esquema do all inclusive era o seguinte: tínhamos direto a 3 refeições por dia: café da manhã, almoço e jantar. Eles ainda tem um restaurante a lá carte (o hotel reserva um jantar romântico na última noite para você – mas nos outros dias, você pagará por ir à esse restaurante), caso você não queira comer a comida do buffet. Mas eu tenho que dizer, o buffet do Lily Beach foi simplesmente nota 1000. Os funcionários sempre sorrindo, tudo delicioso, muito caprichado e várias opções. Eu descobri que o chefe era francês, e no final, eu queria as receitas de todos os pratos deliciosos que provei. Uma sugestão que já fiz para o hotel: lançar um livro de receitas – os pratos eram de repetir várias vezes (não vamos tocar no assunto balança, ok? Férias pode, vai!.)

Eu nunca fiquei num hotel onde a comida fosse tão gostosa como lá (eles não me pagaram para dizer isso não, viu?). A cada noite o jantar era temático, por exemplo: um dia foram peixes e frutos do mar, no outro cozinha italiana, no outro asiática, francesa… Muito bom! Outra coisa que eu reparei, foi que eles tinham um buffet dedicado às crianças, e era sempre variado. Foi a primeira vez que eu vi isso em um hotel. Uma gracinha! As comidas ficavam na altura dos pequenos, para que eles pudessem se servir, tudo feito com capricho.

*Gastronomia das Maldivas: muitos peixes e frutos do mar saborosos (a culinária local é excelente), e as frutas frescas deliciosas são um destaque a parte – o abacaxi e o mangostão são de dar água na boca! Tem que provar!
Mangostão: maridão adorou!
Outro ponto importante do all inclusive é para quem aprecia bebidas alcoólicas. Para quem curte muito, você poderá beber até cair – mas cá entre nós, você não vai querer ficar bêbado, cair (e depois tem a ressaca, lembra!), e não aproveitar as Maldivas, né? Eu aproveitei VÁRIOS drinks deliciosos… (com muita moderação), e foi ótimo! Apesar das Maldivas ser um país muçulmano, você encontrará álcool a vontade nos resorts e hotéis. Mas na capital Male a situação muda, e álcool é praticamente impossível de se achar.
Só nos “comes e bebes” :)
Na minha opinião, o bom do all inclusive é que você pode realmente aproveitar as suas férias sem se preocupar com preços de comidas/bebidas, ou quanto estará gastando. Por outro lado, a minha dica é: pesquisar bem os comentários/reviewssobre a comida/bebida e serviço do hotel que escolher. Isso porque, durante a minha busca, vi muitos comentários sobre outros hotéis com pacotes all inclusive que deixavam muito a desejar. E isso pode sim fazer com que sua viagem a esse paraíso seja um pouco, menos digamos, feliz.

Todos os dias às 9 da noite um funcionário do hotel vinha alimentar os peixes desse lugar na ilha… lá vimos arraias, tubarões, moréias e claro, vários peixes… Era uma atração a parte!

As Maldivas está no topo dos destinos dos casais apaixonados, que vão em lua de mel ou comemorando aniversário de casamento. Muitos hotéis/resorts não aceitam crianças, mas por outro lado, outros hotéis oferecem uma ótima estrutura para receber crianças com atividades para toda a família. Nós fomos sem os nossos pequenos (mais uma razão para voltar), mas vimos que eles iriam se divertir e aproveitar esse paraíso tanto quanto nós.

Love is in the air… everywhere I look around…” :)

Além da natureza, e das praias, o hotel que ficamos tinha um kids club todo decorado e cheio de brinquedos e atividades. Os pais podem deixar seus filhotes lá se divertindo por algumas horas durante o dia com as funcionárias do hotel. O hotel também tem um parquinho, que fazia a alegria da criançada. Confesso, que já estamos fazendo planos para voltar com os pequeninos… tenho certeza que eles vão amar o paraíso!

Vida BOA…
Visitar as Maldivas é para quem (claro!), ama o mar. E lá você encontrará o que o oceano tem de melhor para oferecer: praias paradisíacas, snorkelings sensacionais, mergulhos inesquecíveis… e é claro, para relaxar mesmo com direito a muita sombra e água fresca. 

Paz, natureza, muita sombra e água fresca
Do nosso quarto, “a dois passos do paraíso…” para o snorkeling
O pacote que fizemos com o hotel nos dava direito a fazer dois passeios – numa lista de 5. Tinha até passeio para você ir em alto mar, completamente equipado e assistido, pescar o seu peixe, e os funcionários do hotel preparavam a delícia para você… um luxo, né?). Escolhemos fazer snorkel em dois pontos diferentes, em alto mar. Foi incrível! Saímos de barco às 8 da manhã, e o hotel se encarregava do lanche, bebidas, toalha… enfim, todo o suporte. De repente, o nosso guia nos informa que podemos descer para fazer o snorkerling… mas como assim, pensei: “vamos descer aqui, no meio do nada?” E quando mergulho, meus olhos não conseguem acreditar… um coral gigantesco, cheio de vida marinha e muitos peixes coloridos, foi demais! O momento alto dessa parada foi nadar lado a lado de uma tartaruga enorme e muito tranquila. Ah! Tivemos a visita também tubarões (pequenos,… foi tranquilo). Pena eu não ter levado câmera aquática ou alugado uma no hotel… mas de toda maneira, as lembranças estão na minha memória para sempre… maravilhoso!

Snorkel em alto mar: tartarugas, muitos peixes e até tubarão
Para nosso segundo passeio, escolhemos visitar uma vila local, chamada Dhangethi. Fomos orientados a nos vestir modestamente (mulheres cobrindo os ombros e os joelhos). Percebi como a vida na ilha local é bem diferente da vida em uma ilha com um hotel. A Dhangethi tem aproximadamente 1000 habitantes e sua principal fonte de renda é a pesca e o turismo. 

Bem vindos à Dhangethi

A maioria dos homens saem para pescar em alto mar no inicio da semana (domingo) e voltam apenas quando o final de semana se aproxima (quinta-feira). As mulheres (todas locais estavam com os cabelos cobertos), ficam em casa, responsáveis pela administração do lar e cuidado com as crianças. Acompanhados de um guia, visitamos praticamente a ilha toda a pé. Ele nos mostrou o posto de saúde, a escola, a creche e as mesquitas. 

A famosa árvore (banyan tree), no parque da escola primária local

A ilha possui duas mesquitas: uma somente para mulheres e outra para os homens. Ao final do nosso passeio, nosso guia nos deixou a vontade para apreciar o artesanato e lojas dos moradores. Foi interessante demais conhecer essa ilha local. Digo que foi “a Maldivas como ela é”, que raramente você terá a oportunidade de conhecer se ficar apenas no seu hotel/resort.

Maldivas como ela é: olha que gracinha os banquinhos da ilha local (ok gracinha mas confesso que nada confortáveis)
Comércio da ilha para os turistas: eu garanti o meu vestidinho fofo made in Maldivas :)

A Maldivas a pouco tempo passou por eleições presidenciais. Conversando com um dos simpáticos funcionários do hotel, ele nos contou uma curiosidade: os locais quando vão votar, recebem uma marca preta na unha, como prova de que já votaram. Essa marca fica por meses na unha, e é uma maneira usada pelo governo para evitar que a mesma pessoa vote duas vezes. Olha isso! Depois dessa revelação do nosso amigo, inevitavelmente ficávamos reparando nas unhas dos locais… (dois doidos, pode falar…) Muito curioso, né?

Em todos os lugares da ilha Dhangethi víamos as propagandas dos candidados as eleições nas Maldivas
Como a maioria dos resorts, o hotel que ficamos tem um Spa top-de-linha, TUDO DE BOM. Eles oferecem vários tipos de massagens e serviços (muitos voltados para casais), tudo para fazer com que a sua experiência seja mais que perfeita. Eu fui conferir uma massagem Ayurvedica, que tinha como principal objetivo relaxar, usando óleos aromáticos, e alinhar os chacras. A massagista, que era de Bali, tinha mãos de fada. Toda a experiência durou em torno de 1 hora e meia, e depois de todos os mimos, sai de lá renovada, de banho tomado, cheia de energia para continuar aproveitando a nossa lua de mel.

A caminho do Spa…
Tudo pronto lá dentro para começar a massagem…
Confesso que conhecer as Maldivas foi a realização da viagem dos meus sonhos. Sempre quis conhecer esse paraíso. A ilha e o hotel que escolhemos nos ofereceram tudo o que eu sou apaixonada: mar, paz, natureza, paisagens únicas e maravilhosas… praias com águas fenomenais, sol, excelente comida… muita sombra e água fresca. Não me cansava de agradecer por estar lá, vivendo tudo aquilo. Acho que você vai sentir o mesmo ao visitar as Maldivas: uma gratidão eterna de poder estar naquele paraíso. É um presente do Universo aquele lugar. Presente maior ainda é poder ter a oportunidade de conhecer. Eu quero voltar muitas e muitas vezes, Maldivas é bom demais para apenas uma viagem e uma semana. Muita GRATIDÃO!

Gratidão… Namaste :)

No próximo post conto sobre a minha visita à capital das Maldivas, Male. Até lá :)
 

By Carla F.
Fotos by Vidal & Carla F.

Comments

  1. Maurice D Simoni Silva Rosa says

    Bom dia,

    Gostaria de uma informação final para que posso fechar a minha reserva com o hotel, pesquiso sobre mais nao consigo informacao, acho que pode me ajudar muito, meu vôo de retorno as 10 horas da manha, em Male, eu preciso voltar no dia anterior ou consigo chegar no horário para o embarque no mesmo dia saindo do hotel, meu hotel e o meeru, que e de lancha a chegada,

    Grato

    Maurice D Simoni

    • says

      Oi Maurice, essa informação exata você precisa perguntar diretamente ao seu hotel. Tudo vai depender do transporte do seu hotel (Meeru, que eu não conheço): se o avião ou o barco saindo do hotel chegar de manhã bem cedo em Male (no mínimo 3-2 horas antes do seu vôo de retorno, ou seja as 7 ou 8 horas da manhã em Male), você não precisará dormir uma noite na capital. Entretanto se esse não for o caso, você precisará sair no dia anterior do seu hotel em Meeru, e passar uma noite num hotel em Male – para então poder pegar o seu vôo de retorno na capital as 10 da manhã. A segunda opção foi a escolhida por nós e foi interessante pois assim tivemos a oportunidade de conhecer um pouquinho da capital das Maldivas. Espero ter ajudado. Boa viagem e aproveite muito esse paraíso!

  2. Carol says

    Ola Adorei seu post !!!!

    Estou na dúvida de all inclusive !
    Neste hotel incluí vinhos e espumantes de qualidade ? Tem limites ? Pode tomar durante o dia na piscina ?
    Como funciona o all inclusive ?

    Obrigada

    • says

      Oi Carol, quando a gente foi pra lá o all inclusive era tudo incluso mesmo. Mas como não sou muito ligada em bebida alcólica, sinceramente não sei te falar da qualidade das bebidas do all inclusive. Lembro de ter tomado batidas e vinho branco e estava tudo bom. Meu esposo também tomou vinhos e cervejas e não lembro dele ter reclamado. Espero ter ajudado. Uma ótima viagem!

  3. Leandro says

    Bom Dia, tudo bem? Muito bom teu post. Estou planejando ficar no lily na minha lua de mel, em março de 2018. Bom, gostaria de saber se foi por agencia ou fechou direito, como fez? Você acha que vale muito a pena ficar na vila sobre a agua ou no beach é top também?
    Obrigado. Abraços

    • says

      Oi Leandro, fechei a reserva do hotel diretamente com o Lily Beach, tudo por email mesmo. Nós ficamos no quarto na praia – ficava literalmente na areia da praia, alguns passos e você estava na água. Mas se quiser e puder, penso que deve ser o máximo ficar no quarto sobre a água também. Boa viagem pra vocês!

  4. Ludmilla says

    Olá Carla, parabéns pelo post! Amei! Quanto você pagou o aeroporto de Malé até o seu Hotel? Ou este serviço é oferecido pelo hotel? Abraços.

    • says

      Oi Ludmilla, você quis dizer o valor do transporte aéreo do Aeroporto de Malé até o hotel que ficamos nas Maldivas, o Lily Beach?
      Esse transporte foi organizado diretamente pela administração do hotel. Acredito que o valor desse transporte esteja incluído no valor que pagamos pelo hotel na época e eles acabaram organizando isso pra gente.
      Bjs

  5. Mariana says

    Olá Carla, nossa amei o seu post. Realmente muito completo. Eu estou decidindo o hotel que irei ficar, mas depois de ler seu post, decidimos pelo Lily. Eu tenho apenas uma duvida sobre quarto, e gostaria de saber se vice pode nos ajudar. Gostaria de ficar em bagalo sobre a água e vi que lá tem duas opções, Sunset e Deluxe, eu queria saber se os dois possuem piscina. Pois nas fotos do site no hotel, nao especifica isso. Vc saberia me informar? Muito obrigada por todas as dicas! Bjus

    • says

      Oi Mariana, você vai amar o Lily Beach! Nem me lembra desse lugar que eu tô morrendo de saudades kkkkkk Olhei agora no site deles e ambos tem o que eles chamam de “jacuzzi” na área externa, que creio que seja a piscina que você está procurando. Eu fiquei no quarto em terra, na ilha mesmo, e já foi incrível, imagina os bangalôs na água? A viagem vai ser um sucesso Mariana! Depois me mostra as fotos pra me dar mais vontade ainda de voltar, tá? Beijão :)

  6. says

    Olá, tudo bem ? primeiro parabéns pelos posts!! gostaria de saber o que vc gostou mais ? Seychelles ou Maldivas? qual é mais barato? e qual a diferença entre elas? e segundo quanto é mais ou menos a massagem ?obrigdo

    • says

      Oi Alice! Ixi, Maldivas ou Seychelles? Páreo duro, hein?
      Eu a-m-e-i Seychelles, mas se tivesse que escolher meeeeeessssmo, escolheria as Maldivas. Bom, com relação aos preços, isso vai depender muito de vários fatores: qual a acomodação que você vai escolher, meios de transporte, passagens aéreas e etc. Nas Maldivas por exemplo, você encontra desde hotéis mais simples (estilo albergue mesmo), até hotéis super luxuosos 5 estrelas. Dá uma olhada nos hotéis aqui no link do booking.com para pesquisar os preços.
      Muito obrigada pela sua visita Alice. Um beijo grande

  7. Gláucia says

    Carla….já vão uns 20 anos (eu acho) q vi uma foto das Maldivas numa revista e sem dúvida é a minha viagem dos sonhos. As outras eu já realizei… Amei o jeito q VC escreve, sem esnobismo… Fiqei mais animada em conhecer O paraíso…mas ainda terei q economizar… Kkk parabens…muito gostoso ler seus posts

    • says

      Oi Gláucia, muito bem, é assim que se fala. Foco e planejamento para atingir o seu objetivo. Quando a viagem tiver data marcada, me avisa pra eu comemorar junto com você. Obrigada por acompanhar o Carioca Travelando. Um beijo grande!

  8. Ludmila says

    Parabéns, amei seu post, super completo! Estava olhando outros hotéis mas confesso que fiquei muito interessada no Lily. Dicas show!

    • says

      Oi Ludmila, que bom! Se o Lily Beach continua do mesmo jeito de quando fomos lá, pode reservar de olhos fechados. Eu voltaria a qualquer momento se pudesse, foi maravilhoso! Depois me conta como foi ;) Bjsss

    • says

      Oi Ederson, o valor depende de vários fatores, como por exemplo: período de alta ou baixa temporada, se o hotel está fazendo alguma promoção e etc.
      Minha sugestão é que você procure o hotel para saber dos valores exatos compatíveis com a data que você planeja ir. Um abraço :)

  9. Estevao says

    Carla, muito bom ler suas informações. Está sendo de grande utilidade.
    Tenho uma dúvida, o Lily Beach disponibiliza esporte aquáticos como Windsurf, Kaiak, stand up paddle?

    • says

      Oi Estevão, fico feliz que os posts do Carioca Travelando sejam úteis para você :)
      O Lily Beach disponibiliza equipamentos para esporte aquático sim. Mas para maiores detalhes sobre quais equipamentos/esportes disponíveis, sugiro contactá-los diretamente.
      Um grande abraço,
      Carla

  10. Mariana Carvalho says

    Carla, parabéns pelos posts, servem verdadeiramente como um guia p mim!
    Estou indo para Maldivas em lua de mel no início de dezembro, assim como voce. Estava certa de que ia para o W Retreat, até ler seu depoimento sobre o Lilly Beach e seu all inclusive. Realmente tenho medo de surpresas absurdas $$ no cardapio dos resorts de la… Gostaria de ficar em bagalo sobre a água e vi que lá tem duas opções, Sunset e Deluxe, qual voce indicaria? O fato do resort hospedar crianças tira a tranqüilidade e privacidade do local? Quais foram os comentários que você leu para decidir sobre o Lilly em comparação com os demais?
    Aguardo seu retorno!! Obrigada e parabéns mais uma vez pelo site!!

    • says

      Oi Mariana, parabéns pelo casamento e pela lua de mel nesse paraíso! Eu amei tudo no Lily Beach: desde da decoração, serviço, cuidado dos funcionários, instalações, comida… sem contar o cenário! Sentia que tudo no resort era feito com muito capricho. Eles entendem bem de hospitalidade com excelência por lá. Quanto ao bangalô na água sinceramente, vai realmente do que agrada mais vocês. Nós ficamos no Beach villa e a suite era muito grande, bem decorada e a passos do mar. Os bangalôs na água são incríveis, então o que vocês escolherem, creio que vão gostar bastante. O resort ocupa uma ilha inteira (uma área bem grande), e com relação as crianças, elas não me incomodaram em nenhum momento durante a nossa estadia.
      Muito Obrigada por acompanhar o Carioca Travelando e depois me conta como foi a viagem :)

  11. Alan Thayme says

    Bacana o seu Blog. Estamos indo agora em Abril para esta que também, é nossa viagem de sonhos. Optamos por ficar em 2 hotéis, o Jumeirah Devanafushi, pelo isolamento (é uma das mais distantes ilhas partindo de Malé e o Taj Exótica, pela lagoa absurdamente cristalina. Pegamos o primeiro com meia pensão e o segundo nada incluso (medo) mas com planejamento, estamos com a carteira preparada! rsrsrs Este foi indicação de uma amigo que acabou de voltar e nos convenceu a hospedar neste que é um dos três melhores do arquipélago. Até ler o seu post não pretendia ir a Malé, mas agora penso em passar um período lá visto que o Taj está a quinze minutos de lancha da capital. Após 8 dias partiremos para os Emirados Árabes, onde passaremos mais 4 dias. Tem alguma dica para este último? No mais, parabéns pela viagem e pelo Blog!

    • says

      Oi Alan, que viagem maravilhosa! Dá uma olhada nesses posts sobre Dubai AQUI e AQUI. Em 4 dias dá pra aproveitar bastante. Se puder recomendo ir até Ras Al Khaimah, mais dicas AQUI.
      Já que vocês estarão tão pertinho de Male, acho interessante sim, visitar por um dia inteiro ou meio dia a capital das Maldivas. Voce vão sentir bem a diferença dos resorts e conhecer mais a cultura local.
      Uma ótima viagem para vocês e depois me conte como foi :) Um abraço e muito obrigada pela sua visita

  12. says

    Olá, obrigada por responder. Então, vamos em meados de abril, pararemos em Londres por 4 noites, depois Maldivas 7 noites, e retornamos para Londres onde ficaremos mais 9 noites. Já reservamos o Lily Beach. Já gostei do atendimento rápido via e-mail deles. Vou ler seus posts sobre Londres também para fazer nosso roteiro com o que queremos conhecer. Acho que temos tempo suficiente para fazer tudo com calma. Já estive em Londres num bate volta de Paris por 3 dias e fiquei com muita vontade de voltar com calma. Bjsss

  13. says

    Olá! comecei a te seguir no instagram justamente quando vc estava nas Maldivas. Irei pra lá entre abril e maio, numa viagem que combinada com Londres, via Bristish. Achei melhor fazer assim para quebrar um pouco as longas horas de deslocamento Rio de Janeiro x Malé. Quantos dias vocês ficou nas Maldivas? Estou pretendendo ficar 7 noites. Fiquei animada com o seu depoimento sobre o Lily Beach e pretendo reservar all inclusive lá tb… vc ficou sobre as águas ou no beach villa? Beijosss

    • says

      Oi Thatá, muito obrigada por acompanhar o Carioca Travelando :) Acho que você fez muito bem em parar em Londres: ir do Brasil para as Maldivas é sem dúvidas, uma viagem cansativa e longa. Tem post sobre Londres aqui, já viu? Ficamos 5 noites nas Maldivas (4 no Resort e 1 em Male), mas sem dúvidas eu ficaria muito mais se pudesse. Eu recomendo muito o Lily Beach: a ilha é um paraíso, o hotel com a estrutura completa, os funcionários muito atenciosos, a comida divina. Nós ficamos no beach villa e adoramos. O banheiro da suite é do lado de fora do quarto, um charme! Os quartos sobre as águas também devem ser maravilhosos, completos, mas como estávamos a literalmente 10 passos da praia da beach villa, fiquei feliz da vida de ter escolhido essa. Quando vocês vão? Lá é lindo demais! Bjsss :)

    • says

      Carol, vocês vão amar as Maldivas… parece clichê mas não tem outra palavra para definir aquele lugar que não seja “paraíso”.
      Muito obrigada por estar sempre presente no Carioca Travelando :)

Leave a Reply to Thatá Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CommentLuv badge